Não deixe que as pedras clamem em seu lugar

Jesus morreu na cruz por nós, demonstrou através das pisaduras do seu corpo o verdadeiro “amor”.

Como explicar alguém morrer por pessoas como nós? Cheias de pecado, ódio, intolerância. O amor de Deus é inexplicável, não existe fórmulas, em pensar que desse amor nada e ninguém pode nos separar, simplesmente Ele nos ama. Mediante tamanho amor, como temos agido? Experimentamos desse amor, até dizemos que temos caminhado com Jesus, mas não anunciamos a sua salvação, não o exaltamos como Rei, por medo, vergonha, covardia.

Em Lucas 19: 37 a 40 diz:

E, quando se aproximava da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos passou, jubilosa, a louvar a Deus em alta voz, por todos os milagres que tinham visto, dizendo: Bendito é o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas maiores alturas! Ora, alguns dos fariseus lhe disseram em meio à multidão: – Mestre, repreende os teus discípulos! Mas Ele lhes respondeu: – Asseguro-vos que, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão!

Amados, não vamos deixar que as pedras clamem em nosso lugar, Jesus morreu por nós e não por elas. Vamos anunciar aos outros as suas maravilhas, seus milagres, o que fez em nossas vidas, não deixemos a oportunidade de dizer que Ele é o Rei, que veio em nome do Senhor! Como filhos cheios do fogo não podemos permitir que Jesus precise dar ordem as pedras que clamem, por nos calarmos diante dos perdidos, somos discípulos do mestre, então vamos clamar, declarar a paz do Senhor nessa terra, que Ele nos deu,

“Hosana nas alturas, Bendito o que vem em nome do Senhor!!!!

E não esqueça Deus está tanto no vento impetuoso, como na brisa suave.

Fiquem na presença de Deus…

Claudinéia – Comunhão Cristã ABBA Paranaguá

Sobre Evertoncout

Disigner e ilustrador contatos: 91341404 email: evertoncout@gmail.com

Publicado em 31 de janeiro de 2012, em Mensagens e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Somos a geração que Deus escolheu pra fazer a diferença,nunca iremos deixar que as pedras clamem por nós e muito menos que nos vençam.
    Para ou continua?
    Continuar sempre será a melhor escolha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: